Uma das causas mais comuns do Erro 404 WordPress é um problema na forma como o WordPress gera os Links Permanentes.

Como você deve saber, o CMS fornece algumas opções de formatação de links de páginas e também de posts. Por exemplo, você pode configurar a plataforma para usar apenas links numéricas. Ou, ainda, definir os títulos das postagens como as próprias URLs.

Veja, abaixo, como isso pode ser configurado:

De qualquer forma, a primeira coisa que você deve fazer quando esbarrar em um Erro 404 em um post ou página no WordPress é redefinir os seus links permanentes.

Existem duas maneiras de fazer isso: um pelo painel de controle do WordPress e outro pelo FTP. Se você tem acesso agora ao painel de controle do WordPress, você pode seguir o resto das instruções desta seção. Caso contrário, pule direto para o Método 2.

Se você pode acessar o painel de controle do WordPress agora, comece navegando pela aba Configurações > Links Permanentes. Quando tiver acessado, anote qual a estrutura de links permanentes seu site está usando naquele momento.

Você vai precisar mudá-la temporariamente para conseguir redefinir as configurações de links permanentes no WordPress. Mas não se preocupe: você vai poder mudá-la logo em seguida.

Por agora, selecione Padrão dentro da seção Configurações Comuns. E clique no botão Salvar Alterações no final da página.

A página vai recarregar sozinha. Vá em frente e escolha o tipo de links permanentes que você tinha antes. Salve as alterações mais uma vez. Isso é tudo o que você precisa para redefinir a estrutura de links permanentes de WordPress.

Agora, tente navegar pelo site como você faria normalmente. Verifique as páginas que antes indicavam o Erro 404 WordPress e veja se essas páginas continuam com o referido erro. Se o erro sumiu, comemore. Você precisou de apenas um passo para corrigi-lo

Se por algum motivo você não tiver acesso ao admin do WordPress, você também consegue redefinir os Permalinks pelo banco de dados phpMyAdmin do seu painel de controle de hospedagem.

Para isso, siga os passos abaixo:

1. Faça login no phpMyAdmin (pode ser pelo cPanel ou hPanel).

2. Clique na tabela wp_options.

3. Na coluna option_value, encontre a opção permalink_structure. Clique em Editar.

4. Apague o texto do campo option_value e deixe tudo em branco.

5. Agora, é só clicar no botão Executar, no canto inferior direito da página.

Método 3 – Restaurar o Arquivo .htaccess do WordPress

Quando você faz mudanças na estrutura de Links Permanentes do WordPress, eles ficam salvos em um arquivo chamado .htaccess.

Esse arquivo em particular governa como o WordPress interage com o seu servidor, assim como a forma como ele gera URLs para as suas próprias páginas.

Se você não tem acesso ao seu painel de controle em função do Erro 404 WordPress nos posts, você vai precisar editar o arquivo .htaccess manualmente para redefinir os links permanentes.

Para começar, acesse o seu site pelo FTP e navegue até a pasta Folder (raiz) do seu site WordPress. Esse é o diretório que contém a instalação do seu WordPress, e ele é normalmente localizado na pasta chamada public_html ou www. Ou, ainda, recebe o mesmo nome do seu site.

Abra essa pasta agora, e procure pelo arquivo .htacess dentro dela. Se você está usando o FileZilla, clique com o botão direito do mouse no arquivo .htaccess e selecione a opção que diz View/Edit (Visualizar/Editar).

O que ela faz é um download da cópia do arquivo para o seu computador, e o abre usando o seu editor de texto padrão. Agora, você já pode fazer as mudanças que quiser nele.

Se você não entender o que o código no arquivo abaixo faz, não se preocupe. Você não deve fazer qualquer mudança nele a menos tenha muita certeza sobre o que ele faz.

Entretanto, o que você pode fazer é usar o código .htaccess padrão do WordPress, que está descrito abaixo.

# BEGIN WordPress
<IfModule mod_rewrite.c>
RewriteEngine On
RewriteBase /
RewriteRule ^index\.php$ - [L]
RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-f
RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-d
RewriteRule . /index.php [L]
</IfModule>
# END WordPress

O código .htaccess acima é puro, sem modificações. Isso significa que ele vai remover qualquer mudança feita na sua estrutura de links permanentes. Vá em frente e faça os backups dos conteúdos do seu antigo arquivo .htaccess. E os substitua pelo código acima.

Depois disso, salve as mudanças no seu arquivo .htaccess usando o seu editor de textos e feche-o. O FileZilla vai perguntar se você quer substituir o seu arquivo .htaccess existente com a cópia do qual você acabou de editar.

Aceite e é isso! Você acabou de redefinir os links permanentes do WordPress manualmente sem comprometer nada pelo processo.

A partir de agora, tente acessar o WordPress novamente. O Erro 404 WordPress deve ter desaparecido, o que é uma ótima notícia.

Entretanto, é possível que você ainda queria colocar a estrutura de links permanentes do jeito que ela era antes, a menos que você goste de URLs numéricas para os seus posts.

Lembre-se: você pode mudar a maneira que os seus links permanentes se apresentam indo no painel de controle do WordPress. De lá, navegue até a aba Configurações > Links Permanentes.

Aqui, apenas escolha a estrutura que seu site usava antes do Erro 404 WordPress acontecer. E salve sua escolha. Tudo deve voltar ao normal assim que salvar.

Método 4 – Desabilite os Temas e Plugins do WordPress

Como mencionamos antes, às vezes os plugins e os temas usados no seu site podem afetar a estrutura de URLs no WordPress.

Se você já tentou as duas soluções anteriores e o Erro 404 WordPress continua acontecendo, desabilitar os temas e plugins pode resolver a situação.

Existem duas maneiras de fazer isso, dependendo se você tem ou não acesso ao painel de controle do WordPress.

Se você tiver, navegue até Plugins > Todos os Plugins e siga esse processo para cada plugin que você tiver no seu site WordPress.

  1. Clique no botão Desativar abaixo do nome do plugin.
  2. Verifique seu site para ver se o Erro 404 continua acontecendo.
  3. Se sim, reative o plugin que você desativou.
  4. Vá para o próximo plugin da lista e repita o processo.

Seu objetivo, com esse processo, é descobrir qual plugin pode estar causando o Erro 404 WordPress. Você pode desabilitar todos de uma vez, mas, na maioria dos casos, é apenas um único plugin que está causando seus problemas.

Se desabilitar um dos seus plugins resolver o contratempo, você tem três opções. Você pode ver se ele tem uma atualização disponível, manter o plugin desativado por algum tempo até que tenha uma atualização ou desinstalá-lo e procurar uma alternativa a ele.

Se você checou todos os plugins e nenhum deles resolveu o problema, é hora de verificar se o tema WordPress que você está usando no seu site está causando o Erro 404 WordPress.

Esse processo é muito mais rápido, já que você precisa apenas verificar um único tema. Vá até a seção Temas e mude o seu tema atual para qualquer outro.

Agora, verifique se o Erro 404 WordPress desapareceu. Caso sim, então você precisa também verificar se o tema que você estava usando antes tem alguma atualização. Ou, se preferir, usar um tema totalmente novo.

Mudar entre temas no WordPress pode ser um pouco cansativo até que você se decida por um à sua escolha. Mas é uma opção bastante válida a longo prazo se o seu tema atual é a causa do seu site estar apresentando o problema.

Se você não tem acesso ao seu painel de controle, você ainda pode desabilitar temas e plugins do WordPress pelo FTP. Para fazer isso, acesse seu site pelo FileZilla e navegue até o diretório public_html/wp-content.

Você vai encontrar algumas pastas aqui, entre elas duas bem importantes: plugins e themes, como na imagem abaixo.

Entre no diretório plugins primeiro. Você vai perceber que existem pastas individuais para cada plugin instalado no seu site. Agora, você precisa clicar com o botão direito do mouse em uma destas pastas e escolher a opção Rename (Renomear).

Mude o nome da pasta para algo como lalalalal.desabilitado, de uma forma que você ainda possa identificá-la. Só fato de você já alterar o nome da pasta faz com o plugin seja automaticamente desabilitado pelo WordPress.

Agora, verifique se o Erro 404 WordPress desapareceu. Se ainda não, reponha o nome da pasta ao que ela era antes de você renomeá-la. E repita o processo ensinado em cada pasta de plugin que você tiver dentro desse diretório.

Se algum plugin for o responsável pelo referido erro, você já vai saber como lidar com ele. Porém, se isso ainda não for a causa do problema, é hora de verificar o diretório wp-content > themes.

Assim que acessá-lo, procure pela pasta do seu atual tema ativo e a renomeie da mesma forma como você fez com o diretório de plugins. Veja a imagem abaixo como referência.

Como o WordPress sempre precisa de um tema ativo para de fato funcionar, desabilitar o seu tema atual vai fazer com que ele volte para o tema padrão automaticamente. Isso pode afetar a aparência do seu site, posts e páginas. Mas não se preocupe: é apenas temporário.

Se o erro se foi, é possível que você tenha que procurar por um novo tema. Mas isso não é uma obrigação. Sinta-se livre para restaurar o nome original da pasta do tema, para que o WordPress a reconheça novamente.

Encontrou sua resposta?